Banner Aulas WorkShop Degustacao Sem Seg

Sangiovese Grosso ou Brunello

Atualizado: Abr 20


A uva Brunello

Também conhecida por Sangiovese Grosso (fora de Montalcino)


Origem da uva


A uva Brunello é originária da Itália, do condado de Montalcino. Trata-se de uma subvariedade da Sangiovese e tradicionalmente produz tintos com taninos exuberantes. É uma casta destinada a criação de vinhos especiais, controlados por leis italianas em relação ao processo de produção, engarrafamento e envelhecimento.

A variedade tem esse nome em razão da cor escura dos frutos que é tinto de cor profunda. A ênfase na cor escura do fruto e do vinho acontece porque tradicionalmente a região do Montalcino vinificava apenas um vinho reconhecido, que era o Moscadello, um vinho branco. Por isso, o surgimento de um vinho tinto na mesma região, por volta do ano de 1800, logo chamou a atenção pela cor, influenciando o nome.


Onde é produzida


Essa variedade é muito cultivada na Itália, na região da Toscana e arredores, dando origem ao famoso vinho Brunello di Montalcino. Por ser controlada pela legislação de Denominação de Origem Controlada e Garantida (DOC e DOCG), este tipo da bebida de Baco só pode ser produzido em território italiano, na região de Montalcino. Produzir, neste caso, significa plantar, colher, fazer o vinho, envelhecer em barril de carvalho, engarrafar e distribuir.


A Toscana, local de origem da Brunello (Foto: divulgação/leaandsandeman.co.uk)

Assim que começou a ser usada para fabricação de vinho, a uva Brunello revelou-se de alta qualidade, chamando a atenção dos produtores. Hoje é plantada em toda a Itália.


Característica dos vinhos


O vinho Brunello caracteriza-se por sua excelente capacidade de guarda. A legislação DOCG determina como isso deve ser feito e ajuda a manter a qualidade da bebida. Assim, o vinho precisa ficar pelo menos 2 anos em barril de carvalho, 4 meses em garrafa e ter 12% no mínimo de teor alcoólico.


Rótulo de um Brunello de Montalcino (Foto: divulgação)

Para ser considerado um vinho de reserva, o tempo total de envelhecimento deve superar 6 anos, entre a safra da uva e a venda do vinho para o consumo. O reconhecimento DOCG é um certificado de origem e processo de fabricação que garante a procedência e qualidade dos vinhos italianos.


Curiosidades


  • O Brunello di Montalcino, é o vinho mais famoso produzido pelo casta. É um tinto tânico, de vida longa e feito no sul da Toscana;

  • O Rosso di Montalcino, é uma versão mais suave e jovem, da mesma região. A nomeação de Rosso também é utilizada em anos de safras ruins, onde não se atinge os requisitos mínimos para produzir os grandes vinhos de guarda;

  • Tanto o Brunello como o Rosso di Montalcino são produzidos em sua maioria por pequenos produtores. Este fator ajuda a manter a história a qualidade da produto;

  • Fora da região demarcada de Montalcino, esta casta é conhecida por Sangiovese Grosso;

  • As piores safras da história na região de Montalcino foram as de 1972 e 1984, sendo consideras insuficientes para criação dos vinhos;

  • Desde 2003, todas as safras foram consideradas ótimos ou excelentes.



Harmonização


Uma boa harmonização é com carnes vermelhas leves ou aves nobres, com temperos bem elaborados. O objetivo é realçar as ótimas qualidades do vinho. Outra opção é harmonizar com queijos in natura, como: Provolone, Gruyère ou Parmesão; ou pratos elaborados com os mesmos.


O Brunello harmoniza muito bem com queijo gruyère (Foto: divulgação/knowwhey.com)


O ideal é evitar degustar o Brunello em dias muito quentes e com pratos muito apimentados. Outra dica é tentar não cruzar com molho de tomate e outros muito cítricos.

Acesse os conteúdos e aulas gratuitas de vinhos

©2020 por SENSORY BUSINESS e Prof. MARCELO VARGAS

contato@sensorybusiness.com - Tel: (51)  99327-3465